JNmundo

JN. Rede de Informação.
  1. Um militar norte-americano foi detido acusado de tentar conspirar com o Estado Islâmico (EI) na realização de um ataque a Nova Iorque e na ajuda ao grupo terrorista para matar tropas dos EUA no Médio Oriente.
  2. A primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, quebrou uma tradição ao não convidar a sua sucessora, Jill Biden, mulher do presidente eleito, Joe Biden, para uma visita privada à Casa Branca antes da transferência de poder.
  3. A chanceler Angela Merkel e os governadores dos 16 estados da Alemanha decidiram esta terça-feira prolongar o confinamento em vigor até meados de fevereiro e receiam que as recentes mutações da covid-19 aumentem o número de casos.
  4. A redução da poluição atmosférica para os níveis recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) poderia evitar mais de 50 mil mortes por ano em quase mil cidades europeias, segundo um estudo divulgado esta terça-feira.
  5. Atualmente, existem sete vacinas contra a covid-19 a serem administradas em diferentes regiões do globo, aprovadas de emergência para por um travão à pandemia. A juntar-se a essas, deverá chegar já no segundo trimestre a da Jansen (Johnson & Johnson) como foi anunciado esta terça-feira.
  6. A França registou 23.608 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de casos para 2.938.333 desde o início da pandemia, segundo as autoridades francesas.
  7. Depois do cientista e político francês, Olivier Duhamel, ser acusado de incesto e abuso sexual, o movimento #MeTooInceste multiplica-se no Twitter em França.
  8. Pelo menos seis pessoas morreram asfixiadas, nas últimas 24 horas, por falta de oxigénio nos hospitais do município brasileiro de Faro, no estado do Pará, informou a autarquia à imprensa local.
  9. A Espanha registou esta terça-feira 34.291 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 2.370.742 o total de infetados até agora no país, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.
  10. A Comissão Europeia propôs, esta terça-feira, aos Estados-membros prolongar até 31 de dezembro próximo o quadro temporário relativo a auxílios estatais e reajustar o seu âmbito de aplicação, face ao contínuo impacto da pandemia da covid-19.

Copyright © 2017 Sociedade Digital  | Privacidade | Termos & Condições |   CrowdFunding Networks | Dev. by Markup®

 Android app on Google Play 
Pagamentos por Paypal
Certificado de integridade da página
Certificado de desempenho da página