JNeducaçao

JN. Rede de Informação.
  1. O presidente do Júri Nacional de Exames vai ser o novo presidente do Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pela elaboração das provas nacionais.
  2. O grupo Tum Tum Tum, promovido pelo Centro Social de Soutelo, Rio Tinto, acolheu, nos últimos anos, cerca de 300 jovens com necessidades especiais.
  3. A mãe responde que sim, o pai diz que não, as divergências estalam. E se a mais elementar das regras - não desautorizar em frente às crianças - não é cumprida? Tudo passa pela sensibilidade e pelo controlo.
  4. O Ministério da Educação brasileiro deixou de exigir ilustrações que retratem a diversidade étnica, social e cultural do país na produção de livros escolares.
  5. A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, defendeu que "o caminho para o fim das propinas é absolutamente possível", e propôs que já no próximo Orçamento do Estado esteja inscrita nova descida dos valores.
  6. O Ministério das Finanças promete pagar a primeira tranche das bolsas de mérito, no ensino secundário, até 31 de dezembro. O Governo defende que está a tentar resolver "dificuldades técnicas" e que, por isso, ordenou às escolas, inicialmente, para só pagarem 50% do valor.
  7. As propostas de alteração do PSD e do CDS ao OE2019 que obrigam o Governo a voltar a sentar-se à mesa a renegociar com os professores foram aprovadas.
  8. Em causa estão denúncias feitas pelos pais sobre o registo de faltas de alguns professores. Ministério da Educação admite investigar novas queixas.
  9. Nota de repúdio contra aluna de 14 anos agravou mal-estar. Direção diz desconhecer queixas de encarregados de educação.
  10. Nos próximos anos vão faltar professores nas escolas se o Governo não planear, urgentemente, o rejuvenescimento da classe.

Copyright © 2017 Sociedade Digital  | Privacidade | Termos & Condições |   CrowdFunding Networks | Dev. by Markup®

 Android app on Google Play 
Pagamentos por Paypal
Certificado de integridade da página
Certificado de desempenho da página