JNeducaçao

JN. Rede de Informação.
  1. Muitos encarregados de educação atrasam o processo de colocação dos alunos ao apresentarem apenas uma opção de escola na matrícula de inscrição, que exige cinco estabelecimentos de ensino, alertou esta sexta-feira o representante dos diretores escolares.
  2. Manuais escolares gratuitos, novos ou usados, começam a ser distribuídos a partir de hoje através da plataforma MEGA aos cerca de 500 mil alunos do 1.º ao 6.º ano.
  3. Muitos pais terão a ajuda dos municípios para aliviar a pesada fatura em livros e em material escolar no regresso às aulas.
  4. O prazo para concluir as avaliações finais do ensino básico e secundário estipulado pelo Ministério da Educação termina esta quinta-feira e as escolas garantem que não haverá problemas em cumprir a diretiva da tutela.
  5. A reunião da comissão que iria analisar o impacto financeiro do descongelamento e recomposição da carreira dos professores terminou, esta quarta-feira, sem conclusões ou novas contas.
  6. Começa esta quarta-feira, a primeira fase de empréstimo do Banco de Livros Escolares, situado na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em Famalicão. Estão disponíveis 1350 manuais cedidos por 110 famílias do concelho.
  7. O ministro do Ensino Superior defendeu esta quinta-feira no parlamento que as valorizações salariais dos docentes decorrem das suas avaliações, o que a maioria dos partidos entende que viola a lei do Orçamento.
  8. Várias escolas, sobretudo no Norte do país, vão abrir as portas à meia noite para que alunos e famílias possam conhecer as notas dos exames nacionais e das provas de equivalência à frequência.
  9. O ministro da Educação anunciou o acordo entre o governo e a APEL que permitirá que nos próximos quatro anos os preços dos manuais se mantenham inalteráveis.
  10. Ministério da Educação quer que os refeitórios de todas as escolas estejam ao serviço nas férias. Governo determina que todas as escolas tenham refeições e disponibilizem bebidas vegetais alternativas ao leite.