JNeconomia

JN. Rede de Informação.
  1. O diretor do departamento europeu do Fundo Monetário Internacional, Alfred Kammer, disse que as previsões para a economia portuguesa são especialmente afetadas pelas restrições de viagens e limitações noutros países.
  2. Mais de metade dos clientes particulares (57,8%) não sabe interpretar as faturas da luz, no que respeita a identificação das principais rubricas e itens presentes no documento, revelou um estudo do regulador da energia.
  3. A Autoridade da Concorrência deu luz verde ao reforço do Estado na TAP, com a aquisição de 22,5% do capital da companhia, que se somam aos 50% já detidos pela Parpública.
  4. O presidente da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) disse à Lusa que o setor deseja, no âmbito da reestruturação da TAP, uma companhia aérea dimensionada à escala do turismo nacional, "rentável e que sirva o país".
  5. Com a pandemia, surgiram quase 338 mil inscritos nos centros de emprego do continente. Não renovação de contrato a prazo explica mais de 185 mil.
  6. O número de casais com ambos os elementos inscritos nos centros de emprego aumentou 19,2% em setembro face ao mesmo mês de 2019, para 6382, segundo dados divulgados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), esta terça-feira.
  7. O número de desempregados inscritos nos centros de emprego aumentou 36,1% em setembro em termos homólogos e 0,2% face a agosto, segundo dados divulgados, esta terça-feira, pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

  8. A Lexus acaba de entrar na corrida dos "Premium" elétricos, lançando o UX 300e, um "crossover" compacto que chegará a Portugal no próximo ano e foi agora apresentado na Base Aérea 6, no Montijo.
  9. A redução da taxa de IVA na fatura da eletricidade entra em vigor em 1 de dezembro para as famílias cuja potência contratada for de até 6,9 kVA; as famílias numerosas vão ter de esperar até 1 de março de 2021 para terem uma taxa de IVA de 13% nos consumos até 150 kWh, mas terão de provar essa situação junto do seu fornecedor, de acordo com a portaria ontem divulgada.
  10. Portugal é um país envelhecido, com idosos a viverem sozinhos, pouco poupador e onde o trabalho é precário, os patrões e empregados têm baixa escolaridade e há poucas mulheres na polícia.

Copyright © 2017 Sociedade Digital  | Privacidade | Termos & Condições |   CrowdFunding Networks | Dev. by Markup®

 Android app on Google Play 
Pagamentos por Paypal
Certificado de integridade da página
Certificado de desempenho da página