Sociedade

Artigos
  1. Os peões são criticados, com alguma razão, sublinhe-se, por transgredirem as regras que estão obrigados a cumprir, ignorando, por exemplo, as passagens aéreas para atravessarem artérias, quase sempre movimentadíssimas, com os perigos que daí podem advir
  2. A primeira fase das infra-estruturas integradas da ci-dade de Caxito, capital da província do Bengo, iniciadas em Maio de 2017, podem terminar no final deste ano, anunciou ontem a governadora provincial, Mara Quiosa
  3. Quatro caçadores furtivos, angolanos, namibiano e zambiano, foram condenados, na província do Cuando Cubango, a cinco anos de prisão, por abate de mais 40 de elefantes nos municípios do Rivungo e Dirico, informou ontem, em Menongue, o director do Serviço de Investigação Criminal (SIC)
  4. Três cidadãos foram condenados ontem, pelo Tribunal Provincial de Luanda, a dois meses de prisão e o pagamento de uma multa de 25 mil kwanzas, por terem sido surpreendidos a comercializar cabos eléctricos de alta tensão roubados
  5. O relatório estatístico sobre os indicadores de base  de Angola para os objectivos de desenvolvimento sustentável vai ser lançado amanhã, pelas 9h30 nas instalações do Instituto Nacional de Estatística, no Anfiteatro Dra
  6. Três jovens maiores de 20 anos de idade, dos seis inicialmente detidos alegadamente por arremesso de pedras à caravana do Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, a 4 de Abril último, em Malanje, foram na segunda-feira postos em liberdade, após interposição de recurso junto do Tribunal Supremo
  7. As primeiras palavras proferidas foram dedicadas ao Serviço de Investigação Criminal (SIC), a quem agradeceu por lhe ter resgatado com vida, quatro dias depois de ter sido raptado por um grupo de quatro nigerianos, no município do Kilamba Kiaxi, província de Luanda
  8. Um colóquio dedicado ao tema “O rigor da informação jornalística” é  realizado, às 9h30, no Memorial António Agostinho Neto, em Luanda, pela Entidade Reguladora da Comunicação Social Angolana (ERCA)
  9. A ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher considerou fundamental a participação de Angola em eventos internacionais que tratam das questões dos direitos da mulher e equidade de género, por permitir a obtenção de conhecimentos e de troca de experiências
  10. A psiquiatra clínica Sónia da Cunha alertou que, em Luan-da, é cada vez maior o número de casais que separam e traem por insatisfação sexual e diz que a sexualidade é  assunto que deve ser abordado sem tabus e frequência nas escolas, famílias e nos órgãos de co-municação social