Mundo

Artigos
  1. A Microsoft anunciou hoje que detetou novos ataques de piratas informáticos russos a páginas Internet do Senado e de grupos de análise política dos Estados Unidos, com vista às eleições intercalares de novembro próximo
  2. Quase 150 pessoas, incluindo mulheres e crianças, foram libertadas ontem no Afeganistão, horas depois de terem sido feitas reféns pelo movimento Talibã num ataque a três autocarros na província de Kunduz
  3. O mais recente foco da epidemia de febre hemorrágica Ébola fez 55 mortos no leste da República Democrática do Congo (RDC), onde o Governo decretou a gratuitidade dos cuidados de saúde durante três meses, anunciaram hoje as autoridades
  4. O primeiro vice-presidente do parlamento da Guiné-Bissau, António Inácio Gomes Correia, morreu hoje, anunciou em comunicado a Assembleia Nacional Popular guineense
  5. Os advogados de Jacob Zuma e dos irmãos Gupta estiveram ontem reunidos para estudar a estratégia a seguir para responderem à Comissão Especial de Inquérito criada para investigar as acusações de corrupção que pendem sobre o antigo Presidente da África do Sul
  6. Dois monges cristãos foram levados a julgamento pelo assassinato de um bispo num mosteiro egípcio no mês passado, informou ontem o procurador público de Alexandria
  7. O ministro da Comunicação e Media da República Democrática do Congo, Lambert Mende Omalanga e o Conselheiro do Presidente Kabila para a diplomacia, Barnabé Kikaya Bin Karubi, divergem sobre a indicação do antigo presidente sul-africano, Thabo Mbeki, como enviado especial da África do Sul para a RDC e a Região dos Grandes Lagos
  8. Elementos conotados com o grupo Boko Haram atacaram este fim-de-semana uma aldeia do nordeste da Nigéria onde mataram várias pessoas
  9. Pelo menos mil e 200 venezuelanos abandonaram o Brasil no fim-de-semana, depois dos casos de violência registados no sábado contra acampamentos onde se encontravam na cidade Pacaraima, na fronteira, anunciaram fontes do Exército brasileiro
  10. Pelo menos sete pessoas, incluindo quatro polícias, ficaram feridas ontem num duplo atentado contra agentes da ordem em duas cidades da República da Chechénia, no conflituoso Cáucaso Norte russo, informaram as autoridades