Mundo

Artigos
  1. O Presidente russo, Vladimir Putin, classificou como uma tragédia o ataque ocorrido ontem numa escola politécnica na Crimeia, que resultou em 18 mortos e mais de 50 feridos, e enviou condolências às famílias das vítimas
  2. A Polícia Federal brasileira pediu na terça-feira o indiciamento do Presidente Michel Temer e de mais  dez pessoas investigadas num inquérito sobre supostos esquemas de corrupção no sector portuário do país
  3. A Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), principal força da oposição, interpôs recurso judicial dos resultados das eleições autárquicas em cinco municípios do país
  4. Centenas de polícias de Bruxelas alegaram ontem estar doentes para não se apresentarem ao serviço, em protesto contra as condições de trabalho, no mesmo dia em que os líderes europeus iniciavam a cimeira de dois dias na capital belga
  5. Os traficantes de droga utilizam cada vez mais o serviço de correios tradicional, e o Serviço Postal dos Estados Unidos é um meio muito apreciado para o comércio ilegal, revela um relatório entregue no Senado e ontem divulgado
  6. O jornalista saudita Jamal Khashoggi foi torturado antes de ser  decapitado no consulado do seu país em Istambul, revelou o jornal Yeni Safak, que citou uma gravação de áudio dos factos, segundo a agência de notícias EFE
  7. Um ministro indiano, acusado de assédio sexual por 20 mulheres, apresentou ontem a demissão do cargo
  8. Enquanto permanece o mistério sobre o paradeiro do primeiro-ministro, Patrice Trovoada, prossegue a reavaliação do número de votos brancos e nulos referentes às eleições do dia 7, tendo a agência Lusa referido que, na terça-feira à noite, um grupo de militares entrou nas instalações do Tribunal Constitucional (TC)
  9. Um ataque da aviação norte-americana, na região central da Somália, matou 60 extremistas do grupo al-Shabab, foi ontem anunciado pelas autoridades locais
  10. A União dos Houphuetistas para a Democracia e a Paz (RHDP), no poder, ganhou 60 por cento dos votos em 18 regiões, contra 20 por cento para o seu principal adversário, o Partido Democrático da Côte d’Ivoire (PDCI)

Copyright © 2017 Sociedade Digital  | Privacidade | Termos & Condições |   CrowdFunding Networks | Dev. by Markup®

 Android app on Google Play 
Pagamentos por Paypal
Certificado de integridade da página
Certificado de desempenho da página